segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Como estar e não ser de Sodoma e Gomorra



Como estar e ao mesmo tempo não
ser de Sodoma e Gomorra?
“... eles não são do mundo, como também eu não sou” (João 17.14c)

A pergunta temática que aparece logo acima constitui-se num grande desafio para o povo de Deus! Com certeza, um desafio absolutamente atingível. E mais, do ponto de vista bíblico, podemos crer, temos todas as garantias da parte de Deus para cremos assim (Jo 16. 33). A grande questão, no entanto, é compreendermos a vida do ponto de vista de Deus e de Sua sábia Palavra.
Neste sentido vejamos que, na sublime condição de filhos de Deus, como igreja do Senhor Jesus, nos foi dada uma nova identidade que nos distingue dos demais. Por essa razão, somos considerados como que nômades, passageiros e peregrinos neste mundo que “jaz no maligno” (1Jo 5.19). Satanás não é dono do mundo, nem age soberano sobre a face da terra. Porém, é preciso salientar, há um campo de atuação e ingerência maligna perigosíssima! Precisamos estar em alerta constante; o inimigo de nossas vidas anda ao nosso derredor como cão raivoso ou leão que ruge preso, sim (Mt 12.29), mas pronto para nos atacar a qualquer momento (Jo 10.10; 1Pe 5.8)! Ele usa o sistema global, inteligências, moeda, sexo profano, poder; enfim, Satanás é astuto e subversivo a Deus! Em seu dia a dia sua sina é cultivar intenso ódio contra tudo que leva o nome de Deus!
Mas, em meio e apesar de tudo isso, a igreja é vitoriosa (Mt 16.18)! Somos e estamos protegidos por um Deus forte e soberano. Somos mais que vencedores, isso não é uma possibilidade, é realidade! É só uma questão de tempo e tudo que é mal será extinto do globo terrestre; eu creio em novos céus e nova terra! Deus porá um ponto final na história da humanidade pecaminosa em Sua gloriosa volta. Até lá... Vivamos no presente século com disse Paulo a Tito: “Porquanto a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens, EDUCANDO-NOS para que, RENEGADAS a impiedade e as paixões mundanas, VIVAMOS no presente século, sensata, justa e piedosamente, AGUARDANDO a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus, o qual a si mesmo se deu por nós, a fim de REMIR-NOS de toda iniquidade e PURIFICAR, para si mesmo, um povo exclusivamente seu, zeloso de boas obras” (Tt 2.11-14). Lembre-se, em Cristo você e eu somos livres; nós não precisamos aderir ao sistema sodomizado deste mundo tenebroso. Que Deus nos ajude! Pr. Israel Domingos Pereiraé pastor titular da Igreja Presbiteriana União, em Goiânia, Goiás, Brasil.