segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Reflexão: A Verdadeira Liberdade

A verdadeira liberdade consiste em sermos humildes e reconhecermos nossa dependência de Deus e dos homens que ele constituiu autoridade sobre nós. Devemos ser contrários a todos os que querem dominar seu próximo sem direito. Por outro lado, devemos ser submissos ao nosso próximo, considerando os outros superiores a nós mesmos. Devemos nos envolver com a humildade "Rogo igualmente aos jovens: sede submissos aos que são mais velhos; outrossim, no trato de uns para com os outros, cingi-vos todos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, contudo, aos humildes concede a sua graça"(I Pe 5:5); revestir-nos dela "Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade" (Cl 3:12) e andar sempre com ela "Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis de modo digno da vocação a que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos  uns aos outros em amor." (Ef.. 4:1,2). Se quisermos ser livres e termos nossa autonomia devemos buscar a teonomia e guiar nossos princípios pela Palavra de Deus. Somente imitando Cristo poderemos ser livres, obedecendo à vontade de Deus. "E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará! "