sábado, 4 de agosto de 2012

Conheça mais o Rev. Siqueira

Reverendo José Gonçalves de Siqueira

Um fiel ministro de Cristo, conselheiro e despenseiro dos mistérios de Deus.
Reverendo José Gonçalves de SiqueiraReverendo José Gonçalves de SiqueiraO Reverendo José Gonçalves de Siqueira (71), casado com a Missionária Ruth Gonçalves de Siqueira (67), pais de Paulo Roberto Gonçalves (46), Marta Gonçalves (43), José Gonçalves (39), e de mais uma filha adotiva Luzdimar Alcântara Santiago (60), é o ministro que temos a satisfação de descrever em nosso Espaço Gospel nesta edição.
O Reverendo Siqueira aceitou ao Senhor Jesus Cristo como único Salvador de sua alma em outubro de 1950, em Guarda-Mor (MG). Nessa cidade ele foi batizado, mas sua profissão de fé foi feita em Filadélfia, Município de Unaí (MG), em 12/10/1950, na Igreja Presbiteriana do Brasil – IPB. Entre a data de sua conversão até janeiro de 1958, Siqueira era um jovem muito atuante nas atividades eclesiásticas da igreja, ao ponto de ser incentivado por seus superiores para cursar Teologia no Instituto Bíblico Eduardo Lane – IBEL, em Patrocínio (MG). (O Instituto Bíblico Eduardo Lane (IBEL) é uma instituição presbiteriana fundada em 1933, que oferece cursos teológicos para formar evangelistas e missionários. Está localizada na cidade de Patrocínio, no Estado de Minas Gerais. Seus fundadores foram o Reverendo Doutor Eduardo Lane, sua esposa D. Mary Lane, e D. Frances Hesses. O atual diretor é o Reverendo Roberto Brasileiro Silva). Devido à escassez de recursos para continuar seus estudos, o jovem Siqueira teve que interromper-los de fevereiro de 1960 a dezembro de 1961, a fim de adquirir condições financeiras para retorná-lo. Nesse período de suspensão do curso, ele foi convidado por algumas famílias presbiterianas e outras, para lecionar (alfabetizar) seus/suas filhos (as) e/ou pupilos (as), na Zona Rural, na Fazenda Atrás da Serra, no Vão do Rio Urucúia (MG). Tendo retornado aos seus estudos no IBEL até concluir seu curso Teológico. Ainda solteiro, em janeiro de 1962 foi enviado como missionário para a cidade de Paraíso do Norte no Estado de Goiás, permanecendo nessa cidade até o mês de dezembro de 1966. Em Paraíso, além de ter contraído seu matrimônio com a Missionária Ruth em 10/07/1973, deu continuidade ao projeto embrionário da criação da Igreja Presbiteriana do Brasil, e ao mesmo tempo fundou a Escola Presbiteriana Vale do Tocantins, iniciando com o ensino infantil. Hoje, esta escola tem um público estudantil de mais de 2000 matrículas entre ensino infantil e superior (Pedagogia); sendo reconhecida como uma das melhores instituições de ensino do Estado do Tocantins. Em janeiro de 1967, ainda como missionários, foram transferidos para assumir a IPB na cidade São Miguel do Araguaia no Estado de Goiás, permanecendo ali até dezembro de 1971. Em janeiro de 1972, foram transferidos para a cidade de Gurupi no Estado de Goiás, permanecendo até dezembro de 1976. Esse período em Gurupi foi fundamental para a estabilidade e crescimento da IPB. Ainda em Gurupi, foi ordenado ao pastorado em uma reunião do Presbitério ou Concilio de Goiânia (GO), em um grande evento realizado na cidade de Anápolis (GO), em 13/01/1974. Com isso, veio assumir de fato e de direito a presidência do Campo Administrativo da Igreja Presbiteriana de Gurupi, até dezembro de 1976. Em janeiro de 1977, foi convidado pelo presbitério da 2ª IPB de Goiânia centro, para assumir o seu pastoreio, onde permaneceu até o mês de dezembro de 1991. Enquanto esteve à frente daquela igreja apoiou e incentivou o seu desenvolvimento financeiro, social e espiritual, fazendo com que essa igreja se destacasse entre as demais existentes naquela capital. Nesse iterim, organizou uma nova IPB no Bairro Jardim América, e abriu outro ponto de pregação da IPB no Bairro Fins Social I. Nesse bairro, em virtude da precariedade do ensino público oferecido, criou e construiu outro Educandário Presbiteriano, a princípio contendo 13 salas de aula e demais dependências pertinentes, com o objetivo de oferecer matrículas de ensino infantil ao médio. Diz o Reverendo Siqueira, que ao visitar aquela igreja e escola,  faz ele se lembrar dos momentos difíceis que teve ali, mas, torna-se gratificante quando vê a grande obra que aquele empreendimento tornou-se para aquela comunidade, bem como para o povo goianiense. Trata-se de uma comunidade que ele é muito bem recebido quando tem oportunidade de visitá-la. Em janeiro de 1992, o Reverendo Siqueira foi transferido para a IPB em Itumbiara (GO), onde permaneceu até dezembro de 1992. Em Janeiro de 1993, foi transferido para a cidade de Jataí (GO), permanecendo até o mês de dezembro de 1995. Em janeiro de 1996, retornou à cidade de Gurupi, agora no Estado de Tocantins, onde permaneceu até dezembro de 2008. Houve vários melhoramentos nesse período em sua gestão, sendo que foi reformado o templo, a casa pastoral e outras dependências do Instituto Presbiteriano Araguaia de Gurupi, principalmente as instalações sanitárias dele. Hoje as matrículas do ensino fundamental e médio, aproximam de 1000 inscrições; sendo que entre as escolas de Gurupi, ela é classificada como uma das melhores. Em janeiro de 2009, o Reverendo Siqueira ao abdicar da direção do complexo administrativo dessa igreja, assumiu em janeiro de 2009, um novo campo missionário da igreja, no Bairro Engenheiro Valdir Lins, até dezembro desse mesmo ano.
Em janeiro de 2010, por motivo de saúde de sua esposa, e a falta da convivência junto aos seus filhos e às filhas que residem em Goiânia, aceitou novamente um convite para pastorear a Igreja Evangélica Presbiteriana, com aproximadamente 80 membros e congregados no Setor Urias Magalhães naquela capital, onde permanece até o momento.
O Reverendo Siqueira, sempre foi um ministro fiel, despenseiro e conselheiro muito conceituado dentro da Igreja Presbiteriana do Brasil, vindo exercer os cargos mais sublimes existentes dentro de sua hierarquia administrativa. Parabéns!
(Ob. Os contatos que facilitaram esta entrevista tiveram o apoio do senhor Djader Ângelo de Oliveira, amigo do Reverendo Siqueira, e membro da IPB em Gurupi desde sua fundação em 08/11/1971) Fones p/ contatos com o Reverendo Siqueira: (63) 9974 9815 e (62) xx 3536 61 44, favor não ligar a cobrar, nem fora do expediente comercial.

Artigo publicado no Espaço Gospel do Jornal Mesa de Bar News em 28/05/2010 Edição 364