quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Metamorfose


Resultado de imagem para imagem de uma planta se renovando

O dicionário da língua portuguesa assim defineMetamorfose significa mudança,  a transformação de um ser em outro. De uma forma em outra. 
No sentido figurado metamorfose é a mudança considerável que ocorre no caráter, no estado ou na aparência de uma pessoa. 
É a transmutação física ou moral.

Temos, assim, uma definição clara e nítida daquilo que possa ser metamorfose. Porém, a pergunta mais intrigante e desafiadora é saber quando essa transformação ocorre e como ela pode ser percebida. Certamente isso não é tarefa do dicionário! Por isso nosso objetivo é focar no tema buscando uma rápida reflexão, com especial destaque para a definição no sentido figurado,  a metamorfose que atinge o caráter  e o moral de uma pessoa.
A título de facilitação da compreensão da pergunta e sua resposta, aproprio-me do ensino do grande mestre, Jesus, conforme registrado no evangelho de Lucas 6, que diz:

 "Não existe árvore boa produzindo mau fruto; nem inversamente, uma árvore má produzindo bom fruto.Pois cada árvore é conhecida pelos seus próprios frutos. Não é possível colher-se figos de espinheiros, nem tampouco, uvas de ervas daninhas. Uma pessoa boa produz do bom tesouro do seu coração o bem, assim como a pessoa má, produz toda a sorte de coisas ruins a partir do mal que está em seu íntimo, pois a boca fala do que está repleto o coração". 
(Bíblia Sagrada - You Version)

Pelo texto, conclui-se que a ordem natural das coisas é que cada um produz aquilo que lhe é nato. Ou seja, se a sua natureza é ruim, o certo é que você vai produzir coisas ruins. E mais, pelo fruto que cada um produzir, por ele será conhecido. Até aqui desafiadora e triste a conclusão, eis que se olharmos para a sociedade, independentemente da sua cultura e padrão de vida, veremos que o fruto por ela produzido não poderá ser considerado bom. Espere! Explico isso. Mesmo as pessoas que aos nossos olhos são pessoas boas e de boa índole, ainda assim, possuem um ranço de corrupção que, se não tratado devidamente, poderá germinar nas piores das atitudes e nos mais repugnantes dos comportamentos. É por isso que, não muito raro, somos surpreendidos pelos programas policiais noticiando fatos cruéis cujos autores jamais poderíamos imaginar. É o ranço do pecado (corrupção) brotando para produzir o que lhe próprio. Pois bem! Passemos para a resposta da primeira parte da pergunta: quando ocorre a metamorfose? Se, naturalmente somos imperfeitos no caráter e no moral, teremos de morrer assim? Lógico que não. Há real possibilidade de aperfeiçoamento. O elemento transformador é o evangelho segundo revelado a nós de maneira clara e simples. Há real possibilidade de libertação. A escritura sagrada mesmo afirma: "conhecereis a verdade e a verdade vos libertará". Não é necessário que vivamos o tempo todo disseminando as mazelas com as quais convivemos desde o nosso nascimento. Em determinado momento isso pode ser rompido para raiar dentro de nós algo bem mais precioso, fruto de um coração quebrantado, compungido e transformado. Podemos afirmar com cristalina certeza que Jesus é o Caminho! Jesus é a Verdade. Jesus é a Vida! Onde há vida há transformação. Ele mesmo (Jesus) disse em certa oportunidade: "Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância". A palavra da verdade, sob o poder extraordinário do Espírito Santo pode operar essa tão necessária metamorfose na vida de todos quantos aceitarem a Jesus como seu único e fiel salvador. Portanto a resposta mais simples à primeira parte da pergunta é: A metamorfose que atinge o caráter e o moral de uma pessoa acontece com o novo nascimento. E para que não paire qualquer dúvida quanto ao significado de novo nascimento é bom deixar claro que a bíblia o define como o momento que alguém passa da morte para vida, ou seja, alguém que estava morto espiritualmente e, agora, renasce para a vida. Jesus, certa vez encontrou com um homem chamado Nicodemos. A ele Jesus disse: "importa-vos nascer de novo". Não um nascimento da carne e do sangue mas um nascimento da água e do espírito. O apóstolo Paulo tratando sobre regeneração com os cristão de Éfeso, assim escreve: "Estando nós mortos em nossos delitos, Deus nos deu vida juntamente com Cristo", sendo, portanto, a regeneração o ato de Deus pelo qual dá vida espiritual a pessoas que estavam espiritualmente mortas. É a metamorfose ou mudança: da morte para a vida. E agora, passemos para a segunda parte da pergunta: como ela, a metamorfose,  pode ser percebida? O apóstolo Paulo, ainda, escrevendo aos crentes da igreja de Corinto assim diz: "E assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as cousas antigas já passaram; eis que se fizeram novas." Que mistério é esse? Eu disse mistério e não ministério. Mistério no sentido de não podermos compreender, dada as nossas limitações, o alcance e a importância dessa transformação. É por isso que muitos zombam do evangelho. É por isso que muitos zombam de Deus. É por isso que o apóstolo Paulo afirmou ao escrever à igreja de Corinto: "Pois a mensagem da cruz é loucura para os que estão sendo destruídos, porém para nós, que estamos sendo salvos, é o poder de Deus.Porquanto está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios e rejeitarei a inteligência dos homens cultos”. A transformação (metamorfose) portanto é percebida pelo fruto do Espírito presente na vida daqueles que passaram pela regeneração que, em última análise, é uma espécie de criatura nova. Uma planta carcomida pela ação do sol pode perfeitamente se restaurar e se transformar em uma nova planta, viçosa e bonita, desde que cuidada e regada diariamente. O agricultor sabe muito bem dessa prática e de seus resultados. O ser transformado pela ação do Espirito Santo de Deus, também, reconhece a sua situação de pessoa regenerada. Nós conhecemos todo aquele que é regenerado e nascido de novo, conhecendo, também, os frutos produzidos a partir desse novo nascimento. As cousas velhas já passaram. Eis que se fizeram novas. Conclusão: Não nos basta sermos reconhecidos como pessoas boas e cumpridores dos nossos compromissos. Nos é necessário a metamorfose que é a transformação que só o Espírito Santo de Deus pode produzir em nós. Assim, seremos pessoas novas, regeneradas, não acomodadas com o aquilo que temos feito ou deixado de fazer mas, ávidas pela santificação de vida. Finalmente, te desafio a fazer uma reflexão interna para saber se você já passou por essa tão gloriosa metamorfose. E que Deus nos abençoe. Pb. Hely