segunda-feira, 15 de maio de 2017

Sabedoria para a vida


Resultado de imagem para imagem de rolo de pergaminho

O livro de Provérbios é uma coletânea dos provérbios agrupados de autoria do grande rei Salomão. Na verdade a autoria dos provérbios não pode ficar restrita a Salomão tendo em vista que outros deram sua colaboração, a exemplo: dos sábios (provérbios 22:17 e 24:23); dos homens de Ezequias (provérbios 25:1); de Agur filho de Jaque, de uma determinada tribo chamada Massá (provérbios cap.30); e do Rei Lemuel, também da tribo de Massá (provérbios 31). Contudo, é necessário destacar que Salomão escreveu por volta de 3.000 provérbios e 1005 cânticos.
A coletânea dos provérbios agrupados e preservados no livro revela como a fé monoteísta de Israel em um Deus vivo afetou a vida de um povo. No Novo Testamento Jesus, Pedro e Paulo foram influenciados pelos sábios ensinos contidos nos provérbios, fato é que os utilizaram na prática dos seus ensinos. Compare, por exemplo, Mateus 23:6,7 com Provérbios 25:6,7; I Pedro 2:17 com Provérbios 24:21; Romanos 12:20 com Provérbios 25:21, 22. Vários outros textos podem, de igual modo, ser comparados. Ainda hoje Provérbios marca a vida de muitas pessoas, pois é um livro de SABEDORIA PRÁTICA a demonstrar que a religião está ligada aos problemas comuns da vida. Os ensinos de Provérbios constituem uma espécie de disciplina. Sob a disciplina de Deus a nação de Israel era guiada e conservada. Isso quer dizer que uma nação guiada e orientada por Deus é reconhecida como uma nação de sábios e justos. Veja o verso 2 do capítulo 29:"quando se multiplicam os justos, o povo se alegra, quando, porém, domina o perverso, o povo suspira." O mesmo se aplica ao indivíduo. Aquele que resiste à disciplina de Deus é tolo e cai em miséria, mas o que a retém, alcança sabedoria. O homem que ama a sabedoria alegra a seu pai, diz o provérbio. Queres ser sábio? Queres ser próspero? Ame a Deus e ande nos seus caminhos. Sejas Feliz!